terça-feira, abril 13, 2010

Fwd: [tvzona] Dança contemporânea: Trilogia Helena Vieira Gênero nos dias 16, 17 e 18 de abril, no Espaço Cultural Sérgio Porto [5 Anexos]



---------- Forwarded message ----------
From: Ricardo Matos <ricomatos@gmail.com>
Date: 2010/4/8
Subject: [tvzona] Dança contemporânea: Trilogia Helena Vieira Gênero nos dias 16, 17 e 18 de abril, no Espaço Cultural Sérgio Porto [5 Anexos]
To: tvzona <tvzona@yahoogrupos.com.br>


 
[Anexos de Ricardo Matos incluídos abaixo]

Dança contemporânea: Trilogia Helena Vieira Gênero nos dias 16, 17 e 18 de abril, no Espaço Cultural Sérgio Porto


Helena Vieira apresenta seu espetáculo de dança contemporânea Trilogia Helena Vieira Gênero, composto por três performances que se complementam: À Simone da Bela Visão, Maria José Carmen. Todas se propõem a discutir o papel da mulher na sociedade atual. 

 

SOBRE O ESPETÁCULO: 


Em À Simone da Bela Visão, a primeira performance, a homenagem a Simone de Beauvoir já começa no título: "bela visão" é o sobrenome da escritora francesa traduzido. Beauvoir escreveu sobre o papel da mulher em sua sociedade, a fervilhante Paris dos anos 1950. Helena nasceu no não menos agitado Rio de Janeiro dos anos 1970 e carrega consigo toda a bagagem da florescente emancipação feminina. Começa a performance lutando boxe e por aí vai o embate, da liberdade ao erotismo (que ao mesmo tempo liberta e oprime). A questão da prótese de silicone nos seios merece uma atenção especial pela forma autêntica com que é abordada.


Maria José traz os dois gêneros em um só corpo. Com essa performance Helena fala da força das imagens midiáticas.


Carmen é a Miranda. Helena leva ao palco as contradições desse ícone feminino, que foi libertária para o seu tempo, mas em certo momento declarou que queria ter sido apenas mãe e esposa. Essa é considerada pela artista a mais alegre e leve performance do espetáculo, em contraste com as outras duas, que para ela representam o sofrimento.

 

SOBRE A ARTISTA:


Helena Vieira é atriz e bailarina. Vencedora de prêmios como o Rumos Dança Itaú Cultural (2007), doutoranda em Artes Cênicas pela Unirio e mestre em Teatro pela mesma instituição. Começou a dançar jazz aos 10 anos, aos 15 iniciou as aulas de balé clássico, fez curso profissionalizante de teatro na escola Angel Vianna aos 18, depois graduação em artes cênicas também na Unirio. Participou de colóquios, seminários e congressos interamericanos sobre dança contemporânea em Cuba, Argentina e Venezuela.  Foi co-fundadora do projeto Teatro nas Prisões, onde atuou nos presídios femininos Talavera Bruce, Lemos Brito e Nelson Hungria.  


Helena Vieira se expressa por meio do seu corpo e propõe questões contemporâneas. Mas não levanta bandeiras políticas, nem mesmo a do feminismo, embora veja no movimento uma das bases para o seu trabalho. Helena não gosta de radicalismos, é suave como Carmen, apesar de forte como Simone e Maria José. "Meu corpo é a minha política pessoal", ela diz. E completa, pois não tem medo das feministas mais radicais: "Eu posso até ser um objeto". Para entender Helena, só vendo Helena.


SERVIÇO:

Trilogia Helena Vieira Gênero

Dias: 16, 17 e 18 de abril (de sexta a domingo)

Horários: sexta (16/4) e sábado (17/4), 21h;

domingo (18/4), 20h

Local: Espaço Cultural Sérgio Porto

Endereço: Rua Humaitá, 163, Humaitá, RJ

Tel: (21) 2266-0896

Ingresso: R$10 / R$5 (estudantes e idosos)

Classificação: 14 anos

 


Fale com Helena Vieira:


lelevieira@cebela.org.br

lelelevieira2@hotmail.com

helenacastrovieira.blogspot.com

www.helenavieira.com.br

twitter.com/lelevieira2


 

Assessoria de Imprensa:


Julia Viegas

Tel:(21) 9104-7224

E-mail: julialimaviegas@gmail.com



Carmen em São Paulo nos próximos dias 21 e 22:


Helena Vieira apresentará a performance Carmen no SESC Santana (SP) nos próximos dias 21 (4ª feira), às 19h30 e 22 (5ª feira), às 21h. Ingressos: R$10 (inteira), R$5 (trabalhador do setor de comércio e serviços matriculados no SESC e seus dependentes) e R$2,5 (usuários matriculados no SESC e dependentes, pessoas com mais de 60 anos; professores e alunos da rede pública). Endereço: avenida Luiz Dumont Villares, 579, Santana, São Paulo, SP. Telefone: (11) 2971-8700. Site: www.secsp.org.br.


Crédito das fotos: Raquel Dias



--
Júlia Viegas
Jornalista
Tel: (21) 9104-7224

__._,_.___

Anexo(s) de Ricardo Matos

5 de 5 foto(s)

Atividade nos últimos dias:
.

__,_._,___

terça-feira, março 09, 2010

Fwd: [tvzona] Fwd: exposição tempo-matéria [1 Anexo]



---------- Forwarded message ----------
From: tatoteixeira <tatoteixeira@uol.com.br>
Date: 2010/3/9
Subject: [tvzona] Fwd: exposição tempo-matéria [1 Anexo]
To: "a.barretto@uol.com.br" <a.barretto@uol.com.br>


 
[Anexos de tatoteixeira incluídos abaixo]

 

 

Caros amigos,

Envio convite da exposição tempo-matéria no MAC. Se puderem, ajudem a divulgar.

Abraços,

Tato

__._,_.___

Anexo(s) de tatoteixeira

1 de 1 foto(s)

segunda-feira, fevereiro 08, 2010

Fwd: [tvzona] Fwd: DANÇA CONTEMPORÂNEA DE HOJE A DOMINGO NO SÉRGIO PORTO (DE 5 A 7 DE FEVEREIRO)


---------- Mensagem encaminhada ----------
De: Júlia Viegas <julialimaviegas@gmail.com>
Data: 5 de fevereiro de 2010 17:10
Assunto: DANÇA CONTEMPORÂNEA DE HOJE A DOMINGO NO SÉRGIO PORTO (DE 5 A 7 DE FEVEREIRO)
Para: Rico <ricomatos@gmail.com>


.



--
Júlia Viegas
Jornalista
Tel: (21) 9104-7224



--
Ricardo Matos
Designer Gráfico
Tel:(21)9229-0950
__._,_.___

segunda-feira, novembro 16, 2009

Fwd: [tvzona] Fwd: Convocação Geral!!!! [1 Anexo]

---------- Forwarded message ---------- From: Laurent Gabriel <laurentgabriel@gmail.com> Date: 2009/11/16 Subject: [tvzona] Fwd: Convocação Geral!!!! [1 Anexo] To: tvzona <tvzona@yahoogrupos.com.br>, artesvisuais_politicas@yahoogrupos.com.br
[Anexos de Laurent Gabriel incluídos abaixo]

---------- Forwarded message ---------- From: Monte de Gente <montedegente@gmail.com> Date: 2009/11/16 Subject: Convocação Geral!!!! To: montedegente@gmail.com

Temos o prazer de convidar geral para montarmos um cortejo. O Cortejo Mundo Grampeado. Sai neste sábado, na Lapa e queremos formar a muvuca expressiva, contamos com os iniciados no universo MG e com aqueles que gostam de se unir à bagunça estética.

O Cortejo MG tá na rua! Partiu?

Tudo no espírito "falta verba mas sobra alegria".

__._,_.___

Anexo(s) de Laurent Gabriel

1 de 1 arquivo(s)

terça-feira, setembro 08, 2009

Fwd: [tvzona] Convocatória!!!: Reunião com os artistas visuais no HO dia 14.set.09 [1 Anexo]

---------- Forwarded message ----------
From: Aimberê Cesar - Yahoo! <aimberecesar@yahoo.com.br>
Date: 2009/9/8
Subject: [tvzona] Convocatória!!!: Reunião com os artistas visuais no
HO dia 14.set.09 [1 Anexo]
To: artesvisuais_politicas@yahoogrupos.com.br,
tvzona@yahoogrupos.com.br, associados@yahoogrupos.com.br,
crioulosdecriacao@yahoogrupos.com.br

[Anexos de =?ISO-8859-1?Q?Aimber=EA_Cesar_=2D_Yahoo=21?= incluídos abaixo]

Oi Gente,
A Cláudia Zarvos me telefonou, pedindo ajuda para divulgar este
encontro da classe no HO (Centro de Arte Hélio Oiticica), no dia 14 de
setembro às16h às 18h.
A idéia, é bem ampla.
A partir de encontros municipais, será criada uma comissão que vai
representar o município, em comissões estaduais e destas será criada
uma comissão nacional para pensar uma política pública cultural em
nível nacional.
Sei que são muitas comissões, mas o que se há de fazer...

Segue anexo o texto original que ela enviou.

Vou transcrever abaixo para quem tiver dificuldade em baixar ou abrir ver anexos

>  "Prezados,
>
> A importância de uma conferência de cultura para o desenvolvimento e qualificação da participação da sociedade, coloca o poder público e os segmentos artísticos-culturais em um franco processo de construção conjunta de políticas públicas de cultura.
>
> A I Conferência de Cultura da Cidade do Rio de Janeiro, prevista para outubro, tem como foco o debate sobre o direito à cidade e a reapropriação do espaço público. Os temas serão desenvolvidos sob a ótica e dimensão local, apoiados nos 5 eixos temáticos do Ministério da Cultura, que integram a II Conferência Nacional de Cultura, são eles:
> - Produção Simbólica e Diversidade Cultural, focado na produção de arte, promoção de diálogos interculturais, formação no campo da cultura e democratização da informação;
> - Cultura, Cidade e Cidadania, voltado às cidades como espaço de produção, intervenção e trocas culturais, garantia de direitos e acesso a bens culturais;
> - Cultura e Desenvolvimento Sustentável, que discutirá a importância estratégica da cultura no processo de desenvolvimento;
> - Cultura e Economia Criativa, que abordará a economia como estratégia de desenvolvimento; e
> - Gestão e Institucionalidade da Cultura, que visa o fortalecimento da ação do Estado e da participação social no campo da cultura.
>
> Reuniões preparatórias serão promovidas para que grupos de trabalho setoriais possam discutir e formular propostas, a serem apresentadas à luz dos eixos, durante as pré-conferências regionais da cidade, quando serão eleitos os delegados para a conferência municipal.
>
> O grupo setorial relativo ao segmento de artes visuais será reunido no dia 14 de setembro, de 16h às 18h, no Centro de Arte Hélio Oiticica, R Luís De Camões, 68, Centro, tel.: (21) 2232-4213
> Gostaríamos de contar com sua presença e participação nesse processo de integração do segmento, criando representatividade do setor e unindo forças para formulação de subsídios que auxiliem a implementação de uma eficaz política de cultura do município.
>
> Pedimos confirmar sua presença, para que possamos organizar nosso encontro da melhor forma possível.
>
> Cordialmente,
>
> Claudia Zarvos, Ana Durães"

Ps.: Os realces em amarelo são meus, não existem no original.

Acho que pode ser importante que a gente compareça, leve idéias e se coloque.
Ah! Quem poder de um toque em outras pessoas... Divulguem!
Valeu!!!

Abraços,

quarta-feira, agosto 26, 2009

Fwd: [tvzona] poesis

---------- Forwarded message ----------
From: Laurent Gabriel <laurentgabriel@gmail.com>
Date: 2009/8/7
Subject: [tvzona] poesis
To: tvzona <tvzona@yahoogrupos.com.br>


Essa a volta necessária. A folha branca, leve e maldita. Dor trespassa
o peito e se atravessa. Se sai atravessado pelas ruas, branco, pobre e
maldito. Poesia o que move e comove, poesia como o que cala, tudo o
que cala. Tudo que não move. Essa a escolha afirmada, a afirmação
negativa e ainda assim caminhante. Guerrilha não é fruto de sonho, mas
do rabiscar insistente e vagabundo. O caminho é vermelho, serpenteia e
às vezes beija a própria lua. De resto se escorre, se esperneia e
gargalhos. Se entrega e desses braços faz se vida, bandeiras e
afrontas. E todo o resto que não é porrada, porque porrada seria menos
óbvio, palavra seria menos corriqueiro. Palavra essa soma que pulsa no
peito, que faz acordar de pau duro. Palavra isso tudo que acorrenta,
que machuca quando não era pra ferir tão fundo. A poesia se move além
de mim. Está além e eu sou só mais um passarinho na gaiola. Poesia
isso que atravessa e segue em frente. Lá vamos nós e mais uma vez
qualquer dia. A repetição não leva a lugar algum. A repetição em si
que é o segredo da pulsação. O asë da palavra não se explica, deixa
tremendo, seria isso o que chamam de felicidade? As respostas não
estão no vento e nem lá fora, olhando mais fundo e mais dentro,
puxando mais forte. A volta necessária à folha branca que não vejo tem
tempo, apesar de toda a soma do mundo e só usando pra carne, essa
ilusão violenta e agradável. Essa ilusão en passant, e se brotar na
curva até rola um sorriso. Ao deus o reino, o poder e a glória, pra
vocês o rabisco, palavra não feito verbo, mas como carne. Carne e
sacrifício, essa ladainha do poeta e todo o resto é besteira, as
pessoas são chatas, as pessoas são belas, hoje é sexta feira e é lua
cheia. A lua está cheia e o deus em mim sorri vermelho e sacana.
Porquê eu sou Sol e brilho. Me espalho e o foco é num amanhã mais
bacana. Por sacanagem e putaria é que se faz um bom poema. Na carne e
entre tudo isso que quer dizer coxas. Molhado e misturado e se as
potências do vento permitirem, será de chuva. Molhado e melado, todo
meladinho, o corpo está selado. Em cima, em baixo e aos quatro ventos.
O corpo está fechado pelo fogo e por tudo que não é raiva. Isso, não
espanto. Não me armo inteiro pra sair bacana em foto, o riso é feito
do tanto e nunca do tão diminuto. Há um mundo no fundo, movimento e os
avantes. Há os minutos que passam, há os poemas que se perdem, há
sacanagem, há abraços que valem demais e sobre isso não quero mais
falar nada. Tremo só de pensar em tudo isso que quer dizer a poesia.
Fico nervoso e é por vezes demais embriagado que trilho outro caminho
do demônio, essa outra estrada da luz. Não o dual e sim o múltiplo, o
multiplicável, as setas saem do peito e vão-se embora. Por que todo o
resto é partida, se-mandar-picar-a-mula, se jogar de cabeça no poema
até esquecer o próprio nome, esquecer de tudo e escrever de novo.
Escrever de novo. Escrever de novo. Escrever de novo. Complicado é a
força que é dar seqüência. Teu nome pulsa no meio e não é disto, e é
justamente por isso, que pulsa o poema. O reverb das palavras no
peito, 23 as letras e o resto atravessado no peito. O resto todo que
se atravessar na frente, cai. Porque poeta aprende cedinho a bater e
segue a vida quebrando. Dando soco em ponta de faca e derrubando muros
na testa com porra e sangue; suor se gasta na cama e correndo pra
pegar o ônibus. A pulsação começa no saco, depois sobe até o braço. Há
força demais nesse texto, há força demais em qualquer canto. A
terceira dimensão é feita de quatro cantos, milhares de quatro cantos,
milhares os cantos dessa folha. Poesia é o que trapaceia, que se veste
de santo pra poder derribar gigante, se farreia de valente pra colher
as minas no pé, se transveste de gigante pra enfrentar o cão negro da
montanha. As palavras se completam numa dança louca, os corpos estão
nus, as bocas escancaradas e sem dentes, eis que o sabat começa. Os
cães se degladiam, os clãs se formam e vão-se embora. Não há tempo,
tempus fugit, o tempo vai se embora e não arrasta. A base é firme. A
base é soma e a multiplicação da soma em si. As duas cobras mordendo
os próprios rabos. Há um cristo em mim e hoje ele está bem brabo. Meu
deus é feito de sangue. Espiral que vai girando, esse furacão em mim
agora e sempre. Poesia como expansão da minha própria consciência. Se
jogar na folha dói demais, sorriam pois! Eis o sangue de um valente,
mais um sangue corriqueiro, desses de banca de jornal e propaganda da
colgate. Essa alegria incontida parece até felicidade. Não se enganem,
riso pra mim é feito de raiva. Invocar então tudo isso que é lobo, a
personificação mesma da caça, pela liberdade e pela fúria e ir se
embora. Ontem eu beijei três, não levei nenhuma pra cama, tou mais pra
sacanagem do quê pra acordar junto. Hoje, tou com a lua e ando pelas
sombras, meu riso é feito de muito, de tanto e de tão pouco. Raiva
alguma, o caminho é feito de coca cola e de frango de padaria. O que
não me empurra à frente, jogo além do círculo e que queime. Burn,
baby, burn! Não há escolhas boas ou escolhas ruins, tudo faz parte,
tudo se junta, tudo se mistura e tudo se transforma, a certeza atrás
do poema, é outra. Não é feita de saudade, nem de gargalhos. A certeza
é fruto do muito, do tamanho, do imensurável. A certeza é fruto de
trabalho. Volto a folha depois de tempo e olha que foi tanto. Não esse
que chamam de assassino, mas no brilho por trás desses olhares.
Escrevo porquê sou e olhe lá, a pica é grossa, a propaganda não é
enganosa, esse caminho não é pra qualquer um. Tem que ter muito
culhão, peito de aço e saber os segredos do fogo é um puta
diferencial. Fazer as coisas diferente é complicado. Escrevo porque
sou e vou-me embora porque eu também aprendi a ser meu próprio vento.
Sopro e movimento. Dou um beijo e vou embora. Escrever é mais a arte
do partir do que qualquer chegar e olha que eu cheguei bonito. E vou
embora. Que a caçada seja boa pois a lua está vermelha. FUI.

sexta-feira, agosto 14, 2009

Fwd: DUREX: CLARISSE TARRAN E PEDRO PAULO DOMINGUES



---------- Forwarded message ----------
From: DUREX <info@durexart.com>
Date: Fri, Aug 14, 2009 at 4:04 PM
Subject: DUREX: CLARISSE TARRAN E PEDRO PAULO DOMINGUES
To: GRUPO <info@durexart.com>



Fwd: [tvzona] Fwd: Electric Panties - PunkAss's radio show!



 

Subject: Fwd: Electric Panties - PunkAss's radio show!

(mamãe orgulhosa divulgando:)


Esse email é para dizer a todos que agora eu tenho um PROGRAMA DE RÁDIO! (pra quem ainda nao sabe...)
É numa radio online - www.radiogruta.com - toda sexta das 18-20:00

Panties é tudo sobre música eletronica - do shill out ao psy. Cada show vai explorar um gênero da e-music e vai trazer um convidado especial que vai colocar pra gente um set de uma hora para apreciarmos e começarmos o finde com tudo!

Tô super feliz de começar o programa amanhã - e para o 1º show vou estar fazend um set super especial de 2 horas indo do breaks atmosférico ao psy, passando por house, electro, techno, acid... tipo uma provinha do que o Electric Panties será!

Entrem no site, batam papo no chat, vou ficar mega feliz se aparecerem poe lá!

Beijos a todos!!!




quinta-feira, agosto 13, 2009

Fwd: GrupoUM + Opavivará!: MOITARÁ - SÁBADO,15 de agosto,18h. Barracão Maravilha



---------- Forwarded message ----------
From: julio callado <jucallado@gmail.com>
Date: 2009/8/12
Subject: GrupoUM + Opavivará!: MOITARÁ - SÁBADO,15 de agosto,18h. Barracão Maravilha
To:



MOITARÁ 1 ano!
15 de agosto de 2009 
Barracão Maravilha. Av. gomes freire 242s, centro. Rio de Janeiro.
das 18 às 22h.

As tribos GrupoUM e OPAVIVARÁ! comemoram 1 ano desta versão remix-pop-cult-hibrid-web do ritual celebração ancestral indígena que já passou por São Paulo, Londres, Paris e Tel Aviv.
Os artistas viajaram levando consigo os Moitarás, artefatos de cerâmica criados pelo grupo. As peças são trocadas por outros objetos, ações, idéias, textos, sonhos ou delírios.
Para o grupo, é criado um acervo de trocas que está organizado no blog moitara.wordpress.com. Para o participante fica a administração pulverizada deste objeto. 

>> A introdução de uma dinâmica social atípica como ação performática de troca. // A inserção de uma moeda sem lastro abre o campo da negociação ideológica. // A valorização e o poder de troca não são pré-determinados por um mercado, e sim pelos integrantes do grupo e os participantes. // Cada um dá o dom que tem e a abundância universal os multiplica. 
 
Moitará >> do tupi guarani troca, escambo. Constitui uma ocasião em que tribos diferentes acampam no mesmo local. É um ritual de troca de artefatos ligados à especialização manufatureira, realizado entre os índios de diferentes etnias. Os atos da troca nesses acontecimentos não se limitam ao índice comercial: cada tribo, consciente de sua individualidade e seu valor enquanto etnia coloca seus objetos à circulação. Tais ações contribuem efetivamente para a valorização de cada cultura em particular e para a manutenção dos valores básicos comuns a todas as tribos, garantindo relações pacíficas e cíclicas entre as diferentes identidades culturais.

 
 










segunda-feira, julho 20, 2009

Vai de retro crise arte da dinheiro

Get the Flash Player to see this player.

sábado, julho 18, 2009

Livro On Difference


segunda-feira, julho 06, 2009

expo freak


sexta-feira, julho 03, 2009

segunda-feira, junho 29, 2009

Fwd: [tvzona] Petição - Ocupação do espaço público carioca



---------- Forwarded message ----------
From: Alexandre Sá <a.barretto@uol.com.br>
Date: 2009/6/28
Subject: [tvzona] Petição - Ocupação do espaço público carioca
To: Cristiane Artes CAP <artchris@lrc.microlink.com.br>, Fernanda Pequeno <fernandapequeno@gmail.com>, marina de menezes <marinademenezes@yahoo.com.br>, Claudia Saldanha <claudia_saldanha@terra.com.br>, Lula Rufino Design CAp <lsrufino@urbi.com.br>, Andreas Valentin Cap <andreas@pontodevista.com>, Alexandre Sá <a.barretto@uol.com.br>, artesvisuais_politicas@yahoogrupos.com.br, unicacena@yahoogrupos.com.br, Pos_grupo-1 <pos_ufrj@yahoogroups.com>, tvzona@yahoogrupos.com.br, Rosana Pinto <pinto.srosana@gmail.com>, Maricélia Teatro CAP <celia-bispo@uol.com.br>, andrea.penteado@terra.com.br, Eliana Machado CAP <lilizinhamachado@terra.com.br>

 
 
Petição on line
Ocupação do espaço público carioca

Nós, artistas, críticos de arte, curadores, administradores culturais,
historiadores de arte vimos através deste abaixo assinado solicitar aos
Governos do Estado do Rio e da Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro que
seja  formulada uma política cultural com o objetivo de organizar e de criar
critérios para a administração dos monumentos públicos existentes, bem como
para a alocação de novos, sejam esculturas ou qualquer outro tipo de
interferência.
Compreendemos os monumentos públicos como expressão cultural de uma cidade,
capazes de revelar o nível da relação dos cidadãos que nela habitam com
valores que indicam seu grau civilizatório. Neste sentido, o poder público
do Rio de Janeiro, pelo menos desde o século XVIII, vem preenchendo seu
espaço urbano com intervenções de alguns dos artistas brasileiros mais
importantes, como Mestre Valentim, Bernardelli, Franz Weissmann, chegando,
mais recentemente, a trabalhos de José Resende, Ivens Machado e Waltércio
Caldas.
De algum tempo para cá, houve uma proliferação de esculturas encomendadas a
diletantes sem qualquer reconhecimento artístico. Esta falta de conhecimento
cultural para definir e qualificar o espaço público carioca, esta
informalidade excessiva na escolha das obras é o resultado direto da falta
de critérios com o espaço urbano, sendo que, neste caso específico, os
agentes da desordem urbana têm sido exatamente aqueles que deveriam zelar
por ela: o estado, a prefeitura e, mais particularmente, o prefeito anterior
em sua última gestão.
Solicitamos, portanto, que as atuais administrações do Estado e da Cidade
retomem os antigos padrões de excelência, que dignificaram o espaço urbano
carioca como centro representativo da cultura brasileira, por meio de uma
clara formulação de critérios, capazes de alterar este estado de decadência
artística e de oportunismo político em que se transformou a ocupação da
nossa cidade.
A imprensa noticiou recentemente a intenção do Governo do Rio de Janeiro de
encomendar esculturas para serem colocadas na cidade. Esta iniciativa, por
suas características, dá continuidade a atuação provinciana e irresponsável
que precisa ser urgentemente superada.

http://www.gopetition.com/online/28834.html

__

quinta-feira, junho 25, 2009

MP 458 - 48 horas para o veto do Lula

Caros amigos,

O Presidente Lula tem só até esta quinta-feira para vetar partes da MP que irá privatizar a Amazônia. A pressão popular é fundamental nestes momentos decisivos até ser assinada. Clique abaixo para enviar uma mensagem para o Lula, vamos mostrar que os brasileiros se importam com a Amazônia!

Nós só temos dois dias para salvar milhões de hectares da Amazônia do desmatamento e destruição: está quinta-feira é o prazo final para o Presidente Lula decidir se vai vetar alguns pontos da Medida Provisória que irá privatizar partes da Amazônia pertencentes à União.

Duas semanas atrás a Avaaz enviou um alerta sobre a Medida Provisória (MP) 458 e mais de 14.000 pessoas congestionaram as linhas telefônicas do Gabinete Presidencial pedindo o veto das partes mais perigosas da MP. Dentro de 48 horas o Presidente declarou publicamente que iria vetar os pontos criticados pela campanha. Porém, desde então o Presidente tem sofrido uma forte pressão da bancada ruralista do governo, fazendo declarações preocupantes sobre o desenvolvimento da região Amazônica.

Nós temos menos de dois dias para persuadir o Presidente a manter a sua palavra. Neste momento crítico em que o Lula está decidindo o que vetar, a pressão popular poderá ter um papel decisivo para a proteção da Amazônia. Clique abaixo para enviar uma mensagem para o Lula AGORA, leva só dois minutos para registrar a sua participação:

http://www.avaaz.org/po/lula_prazo_final

A Medida Provisória 458 não é toda ruim, ela foi concebida para proteger pequenos agricultores que precisam do título legal das terras que ocupam. Porém, a MP foi manipulada pelos interesses do agronegócio, muitos dos quais são responsáveis pela ocupação violenta e ilegal de terras amazônicas. Se a MP for assinada na sua forma atual, os que mais tem serão os maiores beneficiários do programa do governo.

Nosso apelo para o Lula é:
  1. Vetar a ocupação e exploração "indireta", para que apenas as pessoas que moram nas terras tenham suas propriedades regulamentadas
  2. Vetar regularização para empresas privadas, somente pessoas físicas devem ter direito à regularização
  3. Proibir a comercialização das terras regularizadas por 10 anos, ao invés dos propostos 3 anos, evitando assim a especulação comercial das terras
Se milhares de pessoas enviarem uma mensagem, poderemos garantir a preservação de uma vasta área da floresta. Clique aqui para enviar uma mensagem para o Presidente Lula, usando a ferramenta do nosso site:

http://www.avaaz.org/po/lula_prazo_final

O destino da Amazônia será definido dramaticamente até o final desta semana. Certamente está não será a nossa batalha final para defender a Amazônia, mas é uma batalha importante. Vamos manter a pressão e mostrar para o Lula que os brasileiros se importam com a Amazônia!

Com esperança e convicção,
Alice, Graziela, Ben, Ricken, Luis, Paula, Pascal, Iain, Paul, Brett, Ben, Raj e toda a equipe Avaaz

Leia mais sobre o assunto:

Lula ainda não decidiu sobre veto à MP da Amazônia:
http://oglobo.globo.com/pais/mat/2009/06/18/lula-ainda-nao-decidiu-sobre-veto-mp-da-amazonia-756409274.asp

Lula adia prazo de decisão sobre polêmica lei de terras:
http://g1.globo.com/Noticias/Mundo/0,,MUL1199964-5602,00-LULA+ADIA+PRAZO+DE+DECISAO+SOBRE+POLEMICA+LEI+DE+TERRAS.html

A MP 458 e o futuro da Amazônia:
http://oglobo.globo.com/pais/noblat/posts/2009/06/10/a-mp-458-o-futuro-da-amazonia-194228.asp

Lula lança em MT programa para regularizar terras na Amazônia:
http://www.estadao.com.br/noticias/vidae,lula-lanca-em-mt-programa-para-regularizar-terras-na-amazonia,389988,0.htm

Lula defende medida que regulariza terras:
http://zerohora.clicrbs.com.br/zerohora/jsp/default2.jsp?uf=1&local=1&source=a2552106.xml&template=3898.dwt&edition=12561§ion=1007


quarta-feira, junho 24, 2009

aimbere

domingo, junho 21, 2009

Retro Abacaxi

segunda-feira, junho 08, 2009

segunda-feira, maio 25, 2009

quinta-feira, maio 21, 2009

Retro Abacaxi

quarta-feira, abril 15, 2009

sexta-feira, abril 03, 2009

Vade Retro abacaxi

quarta-feira, março 18, 2009

Vade de retro

sábado, março 14, 2009

Vade Retro abacaxi


09-VadeRetro101.JPG, originally uploaded by passy.

quinta-feira, março 12, 2009

O bloco VadeRetro


09-VadeRetro1
Originally uploaded by passy

quinta-feira, fevereiro 19, 2009

Fwd: [tvzona] BLOCO Vade Retro 2009 - Esquentando os apitos !

O Vade Retro está esquentando seus apitos! Vai que vai !

 

Inventem suas fantasias e adereços, e tragam seus batuques pra nossa Pagelança Carnavalesca!

VADE RETRO CRISE – ARTE DÁ DINHEIRO !!!

 

O Bloco sai na terça de Carnaval, dia 24 de fevereiro.

Concentração às 15 horas na Pracinha do Arpoador (Praia do Diabo).

Saída às 17 horas em direção ao Posto Nove.

 

 

Nosso Bloco Bienal saiu ontem no Segundo Caderno do Globo, na coluna Gente Boa.

 

 

A cotação do "Dinheiro de Artista" está em alta... Arte já está dando dinheiro!!!.

 

Nossa Marchinha "Vade Retro Crise – Arte dá dinheiro!" também já está na rua. A letra é do Mauricio Ruiz, que inclusive pediu pra galera levar megafones para fazermos uma grande Tribo de Megafones. Não esqueçam de carregar as pilhas e baterias ...

 

 

VADE RETRO CRISE - ARTE DÁ DINHEIRO !

Autor: Mauricio Ruiz

 

Vade Retro Cassino Financeiro

Vade Retro Paraíso Fiscal

Vade Retro Caça-Níquel de Banqueiro

Vade Retro Castelo do Mal !

 

O Neo Cassino Liberal fez água

Vou apostar num barco mais seguro

Meu novo mega-investidor já disse

Arte dá retorno no presente e no futuro !

 

Arte Já ! Pra transformar !

Arte dá dinheiro, e dá o que pensar !!!         BIS

 

Arte abre os horizontes

Cultura é a solução

Agita o mercado e a cabeça

Com a força da paixão

 

Vem, Vem, Vem... Vem que tem !

- Quero um pedaço dessa Zona Portuária.                                                                         

Vem, Vem, Vem... Vem meu bem !

- Eu também quero fazer Arte no Armazém         BIS

 

Hoje o artista tem cabeça ativa

Pensa em tudo pra conceituar

Quando se solta é que mais inventa

E quando começa não quer mais parar... Vou delirar !!!

 

Vou delirar !!! Vou delirar !!!

Artista adora... experimentar !!!           BIS

 

Do Carnaval... ao Neoconcreto

Da Tropicália... ao Cinema Novo

Da Bossa Nova... ao Proibidão...

A Ousadia é a nossa Tradição !!! Vou delirar !!!

 

Vou delirar !!! Vou delirar !!!

O Rio adora... experimentar !!!            BIS

 

 

Segue em anexo um folheto com a letra do Bloco, para quem quiser imprimir.

 

Então , gente, por enquanto é isso... Aqueçam seus gogós...

Beijos,

Aimberê Cesar.

(21) 9846-3039



domingo, novembro 23, 2008

Fwd: [tvzona] REVERBERAÇÕES 2008 - convocatoria e ficha de inscrição



---------- Forwarded message ----------
From: Flavia Vivacqua <flaviavivacqua@gmail.com>
Date: 2008/10/1
Subject: [tvzona] REVERBERAÇÕES 2008 - convocatoria e ficha de inscrição
To: NEXO CULTURAL <nexocultural.fv@gmail.com>


Segue anexo o convite eletronico e a ficha de inscrição para o REVERBERAÇÕES 2008.
 
***
 
Reverberações 2008 - 3 edição
Processos Colaborativos e Dinamicas Coletivas
 
Encontro presencial, aberto e participativo, que articula e integra pessoas que trabalham com processos coletivos de criação, espaços auto-geridos, iniciativas independentes, desenho cultural e gestão de projetos, ações e outras manifestações das práticas e pensamentos culturais da atualidade. Na busca de criar 'bem comum', material e imaterial, decorrente de principios como colaboração, cooperação, autogestão, autonomia e inter-independencia.       
 
São Paulo
 
14,15,16 de novembro.
Dinamicas Coletivas com processo imersivo de periodo integral
 
COMO PARTICIPAR?
 
para outras informações e INSCRIÇÕES escreva para reverberar.encontros@gmail.com
 
para compartilhar ideias integre o e-grupo corocoletivo@yahoogrupos.com.br
 
 
*gentileza fazer circular.
 
__._,_.___
Yahoo! Mail

Conecte-se ao mundo

Proteção anti-spam

Muito mais espaço

Yahoo! Barra

Instale grátis

Buscar sites na web

Checar seus e-mails .

Yahoo! Grupos

Crie seu próprio grupo

A melhor forma de comunicação

.

__,_._,___

sexta-feira, novembro 21, 2008

Fwd: artigo de Ferreira Gullar



---------- Forwarded message ----------
From: denize torbes <denizetorbes@yahoo.com.br>
Date: 2008/11/20
Subject: artigo de Ferreira Gullar
To: denizetorbes@yahoo.com.br


Caros amigos e amigas,

Gostaria de compartilhar com vocês o meu contentamento com a publicação deste artigo que Ferreira Gullar escreveu para a CONTINENTE MULTICULTURAL. Revista de arte editada em Recife.

um forte abraço,

Denize Torbes


Veja quais são os assuntos do momento no Yahoo! + Buscados: Top 10 - Celebridades - Música - Esportes